Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Prazer de fazendeiro é receber dinheiro e dar calote, diz Lula

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Quarta, 21/3/2018 7:42.

CATIA SEABRA
SANTA MARIA, RS (FOLHAPRESS) - Alvo de protestos de ruralistas durante sua caravana pelo Rio Grande do Sul, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chamou os grandes fazendeiros de ingratos e caloteiros.

Durante ato na comunidade de Nova Santa Marta, na noite desta terça-feira (20), Lula disse que quando se consegue dar R$ 10 para uma pessoa humilde ela será grata para o resto da vida.

Já os fazendeiros, quando obtêm financiamento milionário para compra de maquinários, "não só são mal-agradecidos como passam a vida falando mal do PT".

Ele disse ainda que eles têm dois prazeres: quando recebem o dinheiro e quando dão calote.

"Se eles tratassem os empregados como tratam os cavalos, os empregados estariam muito bem de vida", criticou Lula. E acrescentou: "estou cansado de ver cavalo comendo maçã."

Ao discursar para moradores de uma comunidade urbanizada durante sua administração, Lula afirmou, mais uma vez, que querem impedir sua candidatura por causa de seu legado voltado para os pobres.

Às vésperas de julgamento de seu recurso no TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região), Lula voltou a desafiar seus julgadores: "Se juntar todos os meus acusadores... Aqui do Rio Grande do Sul, os três que me julgaram; o Moro, o Ministério Público da Lava Jato, a Polícia Federal, [se] colocar numa prensa e espremer, o que sobrar não tem 10% da honestidade que eu tenho." 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Equilíbrio que existia no governo Spernau foi liquidado no governo Piriquito   


Cidade

Reunião para sensibilizar a comunidade local acontece nesta quinta-feira


Política

Proposta envolve prazo máximo e dívidas parceláveis


Brasil


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade