Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Vasco supera golaço de Otero e vira sobre o Atlético-MG nos acréscimos

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Domingo, 15/4/2018 18:49.

RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - O Vasco estreava com derrota para o Atlético-MG até os 40min do segundo tempo. Wagner marcou o gol de empate e recolocou a equipe no jogo. Dez minutos depois, a virada. Rildo sofreu pênalti e Pikachu decretou a virada por 2 a 1, em São Januário, na estreia do Brasileiro. O primeiro gol da partida foi de causar inveja. Otero arriscou chute improvável de muito longe e viu a bola fazer uma curva e morrer no ângulo direito de Martin Sílva.

O Vasco volta a campo no próximo domingo, quando visitará a Chapecoense, em Santa Catarina. Os minieros, por outro lado, recebem o Vitória, no Independência.

Jogando em casa, o Vasco partiu para cima do adversário. Com marcação alta, o cruzmaltino não dava folga na saída de bola do Atlético-MG, que vacilou e quase viu o zero sair do placar. Desábato roubou a bola, que sobrou para Wellington. O volante chutou de primeira e exigiu boa defesa de Victor.

No lance seguinte, o momento de maior pressão do Vasco. Em boa jogada de Henrique pela esquerda, o lateral rolou para trás e Evander chutou em cima da zaga. No rebote, ela sobrou para Pikachu, que chutou firme na trave direita de Victor que ainda tentou pegar a bola e viu Bremer chutar para longe.

Mas o Atlético-MG abriu o marcador logo depois. O venezuelano Otero arriscou chute improvável de muito longe. A bola pegou curva incrível e dificultou o trabalho de Martín Silva, que ainda tentou fazer a defesa, mas se transformou o mais novo personagem da obra de arte do rival.

Após sofrer o gol, o Vasco sentiu o golpe. Se antes mandava na partida e estava próximo de abrir o placar, a história mudou completamente.

O time não conseguia mais chegar ao ataque. Umas das chances mais concretas ocorreu com Riascos, que ganhou de cabeça da zaga e exigiu nova defesa de Victor.

Quase no fim do segundo tempo, aos 40min, o jogo já parecia decidido. Mas o Vasco foi valente e arrancou o empate nos minutos finais. Wagner aproveitou rebote na entrada da área, dominou e chutou forte no canto esquerdo de Victor, que nada pôde fazer.

Um lance muito forte assustou em São Januário 45min do segundo tempo. Em bola dividida, Thiago Galhardo e Fabio Santos se chocaram de cabeça. Os dois sofreram corte na cabeça e tiveram que ser atendidos pelos médicos. O vascaíno chegou a desmaiar em campo.

Mas o time da casa não desistiu do jogo. Aos 50min, Rildo invadiu a área e foi derrubado por Bremer. Pikachu foi para cobrança e decretou a vitória.

VASCO
Martín Silva; Rafael Galhardo (Rildo), Paulão, Werley e Henrique; Wellington (Thiago Galhardo), Desábato, Yago Pikachu, Evander e Wagner; Riascos (Rios). T.: Zé Ricardo

ATLÉTICO-MG
Victor; Patric, Bremer, Gabriel e Fábio Santos; Blanco, Elias, Otero (Erik) e Cazares (Roger Guedes); Luan e Ricardo Oliveira. T.: Thiago Larghi

Gols: Otero (A), aos 12min do 1º tempo; e Wagner (V), aos 40min, e Pikachu (V), aos 50min do 2º
Amarelos: Henrique (V) e Bremer (A)

Estádio: São Januário, no Rio
Juiz: Andre Luiz de Freitas Castro (GO). 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Prefeito manda construir viaduto em cruzamento com túnel da rua 3100


Policia

Prefeito Fabrício Oliveira disse que não irá cumprir a recomendação


Seu Dinheiro

Programa de parcelamento de dívidas inicia dia 2 de maio  


Esportes

Ela tinha vencido, mas foi desclassificada pela arbitragem


Publicidade


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade