Jornal Página 3

Publicidade

Publicidade

Henrique Meirelles tem potencial para ir ao segundo turno, avalia instituto

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Alessandro Buzas.

Terça, 10/4/2018 15:28.

FLAVIA LIMA
SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Henrique Meirelles, que deixou o ministério da Fazenda para se filiar ao MDB e concorrer as eleições, pode chegar aos 15% de votos, portanto, com potencial para ir ao segundo turno, disse nesta terça (10) Renato Meirelles, da consultoria Locomotiva Pesquisa e Estratégia.

"Se ele virar candidato do MDB com um terço do tempo de tevê pode ir ao segundo turno, graças à narrativa de que, quando os políticos fazem besteira, ele assume", disse o consultor em evento do Itaú.

Para Renato Meirelles, a figura do especialista, que foi ministro de Michel Temer e também presidente do Banco Central de Lula, mais o largo tempo de TV podem favorecer o ex-ministro.

Manoel Fernandes, da Bites Consultoria, discordou e disse que não haveria tempo suficiente para Meirelles se apropriar dos feitos dos últimos dois anos na economia. Para ele, o desemprego ainda alto a a percepção das pessoas de que o dia a dia não mudou também atrapalhariam.

Para Renato Meirelles, está claro que a demanda do eleitor é por alguém de fora da política (outsider), e, nesse sentido, o nome forte seria o do apresentador Luciano Huck e seu discurso de empoderamento dos pobres.

Sem Huck, Joaquim Barbosa é outro que sai fortalecido como alguém radicalmente contra a corrupção e com trajetória de quem veio de baixo, embora seu gênio forte, avalia, atrapalhe.

"Ele tem uma capacidade gigantesca de dar tiro no pé, como Ciro Gomes e Jair Bolsonaro", disse Renato Meirelles.

João Doria, candidato ao governo de São Paulo, é exemplo de efemeridade nas mídias sociais, disse. "Já
Flavio Rocha, se não caísse no conto do vigário do MBL, poderia somar a ideia de empresário".

DESCRENÇA

O que une os brasileiros hoje, disse Renato Meirelles, é a total descrença na classe política em fazer o Estado funcionar.

Ele prevê dois candidatos com cerca de 20% dos votos no segundo turno, o que significa que as chances são grandes de o presidente eleito ter que lidar com a desconfiança de dois terços dos eleitores. 

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade



Cidade

Conselho da Cidade e Câmara de Vereadores não votam mais em casos desse tipo 


Saúde

Dia D será 12 de maio, um sábado, com mais postos de vacinação abertos 


Geral

Prefeitura adotou novas regras em alguns setores. São esperadas 160 mil pessoas.


Seu Dinheiro

Metade não entregou. Esta é a última semana 


Publicidade


Empregos


Saúde

Vereadora aponta defasagens de quase 90% nos salários oferecidos


Política

Um sai do Esporte para a Câmara e o outro sai da Câmara para o Esporte 


Tecnologia

Beacon vem sendo implantado pela Costa Verde & Mar


Publicidade


Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade



Publicidade